sexta-feira, 18 de julho de 2014

DENÚNCIA ANÔNIMA LEVA POLÍCIA A PRENDER QUATRO PESSOAS E DEBELAR BOCA DE FUMO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

 José Rusemberg, Caio , Maria Wellitana e José Lindomar


Quatro pessoas foram presas pelo efetivo do Grupo de Apoio Tático (GATI) do 24º BPM nesta quinta-feira (17), acusadas de envolvimento com o tráfico de entorpecentes na cidade de Santa Cruz e região. Após receber uma denúncia anônima, a polícia chegou a paradeiro de José Rusemberg, 34 anos, residente na Avenida 29 de dezembro, ex-presidiário; Caio Henrique, 18, que mora no bairro São Cristóvão; Maria Wellitana conhecida por Tânia, 42 anos, residente no bairro Nova Morada e José Lindomar, 39 anos do mesmo bairro.

Ao realizar uma busca na casa de Maria Wellitana, os policiais encontraram 40g de Crack, um revólver cal. 38, municiado com seis balas, duas balanças de precisão e uma quantidade em dinheiro, aproximadamente R$ 9 mil. Para a polícia José Lindomar é o proprietário da boca de fumo. O repórter policial Luciano Lopes entrevistou os acusados na 17ª DESEC.

Caio Henrique que não tem passagens pela polícia se reservou em dizer que não faz parte da quadrilha. José Rusember afirmou que é usuário, mesmo sendo ex-presidiário não mais atua na área do crime e que apenas foi abordado pelos policiais, porém no momento ele apenas é consumidor e não vende nem trafica drogas. A proprietária da casa e José Lindomar não quiserem falar ao repórter.


O soldado César Andrade afirmou que depois de receber a denúncia o efetivo obteve êxito na investida e conseguiu tirar de circulação dois traficantes e fechar a boca de fumo. De acordo com o militar, ao serem presos Maria e José Lindomar afirmaram que o dinheiro apreendido seria oriundo do trabalho de confecção, mas em seguida confessaram que seria mesmo extraído da venda de drogas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário