quarta-feira, 4 de junho de 2014

MENORES SÃO APREENDIDOS COM 22 PAPELOTES DE MACONHA NA FAVELA PEDRA BRANCA EM SANTA CRUZ

Três menores de 15 anos foram apreendidos com 22 papelotes de maconha na favela Pedra Branca em Santa Cruz do Capibaribe-PE, a apreensão foi feita por uma equipe da 21ª Delegacia de Polícia e Homicídio (DPH) acompanhada por policiais do Malhas da Lei. De acordo com a polícia a droga pertencia a um maior de idade, que possivelmente usa os adolescentes para fazer a distribuição do entorpecente. Os três menores foram conduzidos à delegacia para serem apresentados à autoridade de plantão.
A polícia ainda não conseguiu prender o acusado de ser o proprietário da droga, mas equipes continuam em diligências a fim de captura-lo. Um dos integrantes das equipes que participou da apreensão afirmou que depois de uma denúncia recebida, os policiais chegaram a referida localidade, onde uma pessoa ligada ao tráfico de drogas, cujo nome não foi revelado (para não prejudicar o andamento das investigações) havia montado essa boca de fumo e estava se aproveitando dos menores para comercializar os produtos ilícitos.
Ainda segundo informações repassadas, há dois dias que os menores faziam ponto de venda de entorpecentes junto a carros abandonados n’aquela localidade. Uma campana foi montada pelos policiais e após cinco horas de vigília, os menores foram visualizados, uma menina e mais dois meninos. Próximo a eles a droga foi encontrada, em um curral em que é criado um animal, para transporte de carga.
Os menores apreendidos não confirmaram o nome do dono do entorpecente, para a polícia eles temem a represália por parte do traficante e por isso se resguardaram em não revelar a identidade do dono da droga. Dentre os apreendidos, havia reincidentes que inclusive estavam com papeis de mandados de desinternação da Funase. Mas será pedido a promotoria pública que reveja o caso e que os adolescentes sejam internados, inclusive para preservação da integridade dos mesmo.

O responsável pela droga, caso seja capturado responderá por tráfico de entorpecente e aliciamento de menores. A polícia investiga outros adultos que aliciam menores para atuarem no tráfico, pois devido a lei ser branda para com crianças e adolescentes, essa seria mais uma estratégia dos traficantes para comercializarem drogas nessa região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário