quarta-feira, 23 de outubro de 2013

CIOSAC E SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA APREENDEM ARMAS, RECUPERAM MATERIAIS DA CODEVASF E PRENDEM ACUSADOS EM PETROLINA


  Na noite de ontem (22), policiais militares da CIOSAC, do Núcleo de Inteligência do Sertão IV e da Operação Malhas da Lei realizaram operação objetivando a recuperação de materiais elétricos furtados, pertencentes à CODEVASF e CELPE, os quais, segundo denúncias, estariam escondidos em uma propriedade, no Sítio Porteiras, zona rural de Petrolina. Segundo os levantamentos realizados pelo Serviço de Inteligência, os materiais haviam sido furtados da área do Projeto Irrigado de Petrolina e estariam sendo comercializados ilegalmente. Com base nas informações, as equipes se deslocaram ao Sítio Porteiras, onde apreenderam em poder de HÉLIO JÚNIOR BARBOSA, 27 anos, e de ROBÉRIO DE SOUSA LACERDA, 21 anos, 02(dois) transformadores trifásicos; 01(um) motor bomba pronto para uso; 02(dois) rolos de cabos multiplexados; 01(um) rolo de cabo flexível 25mm, de cobre; 01(um) rolo de cabo PP 3x4mm; 11(onze) caixas  de chave fusível; 03(três) isoladores de suspensão, além de vários equipamentos elétricos, os quais estavam na carroceria da pick-up S-10 placa KKH 8246, também apreendida. No interior da residência foram apreendidas 02(duas) espingardas de fabricação caseira e outros materiais elétricos sem documentação de origem. Com base nas informações colhidas no local, as equipes deslocaram-se á Rua Itaipu, nº 110, bairro José e Maria, a fim de realizar a prisão de ELI SOUSA LACERDA, 37 anos, apontado como o receptador de todo o material apreendido, porém, ao chegar no endereço, o mesmo havia se evadido, sendo encontrada no interior de sua residência 01(uma) pistola calibre 380 com um carregador municiado. Após a apreensão dos materiais, técnicos da CODEVASF compareceram ao depósito da Polícia Civil de Petrolina, onde constataram que alguns dos materiais apreendidos pertencem à CODEVASF e haviam sido furtados da área do Projeto Senador Nilo Coelho, entre os meses de agosto e outubro deste ano. Os acusados foram encaminhados juntamente com os materiais apreendidos à 1ª Delegacia de Polícia Civil em Petrolina, onde foram autuados em flagrante delito.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário