quinta-feira, 5 de abril de 2012

MARIA DA PENHA " NELE "

UMA MULHER CHEGOU NA DELEGACIA MUITO ASSUSTADA E COM VÁRIOS EMATOMAS
POR O ROSTO E NA CABEÇA
ELA QUERIA QUE A POLICIA LHE AJUDA-SE 
POIS O SEU COMPANHEIRO TERIA LHE AGREDIDO A PONTO DE A AMEAÇA-LA
CASO ELA ROMPESSE O RELACIONAMENTO COM ELE
POLICIAIS QUE ESTAVAM PLANTÃO FORAM ATÉ A RESIDÉNCIA DELA E PRENDERAM
O COMPANHEIRO DELA
SÓ QUE ENQUANTO OS POLICIAIS FAZIAM OS PROCEDIMENTOS LEGAIS
A MULHER DEU NO PÉ E FOI EMBORA, 
RESULTADO: A POLICIA TEVE QUE SOLTAR O MALOQUEIRO POR FALTA DE PROVAS
QUE INCLUSIVE ELE ESTAVA BASTANTE ALTERADO APONTO DE MEDIR FORÇAS
COM OS POLICIAIS 

Nenhum comentário:

Postar um comentário